TENDINITE CALCÁREA

O que é?

A tendinite calcária (ou calcárea) é uma doença que acomete os tendões do manguito rotador. Após uma inflamação prévia, ocorrem depósitos de cálcio no interior do tendão. Este depósito é transitório e tende a ser reabsorvido no final do processo.

O que causa a tendinite calcárea?

Sabe-se que que o processo ocorre em uma região do tendão que sofre uma isquemia transitória (baixo aporte de oxigênio por diminuição da vascularização). Esta isquemia não tem relação com riscos cardiovasculares ou outras doenças e não se sabe ao certo o que desencadeia o processo.

É mais comum ocorrer em mulheres a partir dos 40 anos e em profissões que utilizam repetitivamente os membros superiores, como em dentistas, costureiros e professores.

É grave? Tem cura?

Não é uma doença grave e não costuma deixar sequelas, no entanto, a dor pode ser muito limitante. Apresenta 3 fases de evolução:

  • Fase 1: Fase inflamatória, decorrente da isquemia, o paciente pode ou não sentir dor e o tendão vai sofrendo um processo de transformação de sua estrutura.
  • Fase 2: O processo de calcificação ocorre e pode ser um pouco doloroso. Progride para um estágio de repouso, em que a calcificação esta madura e a dor controlada. Quando a vascularização é reestabelecida, os depósitos de cálcio são então reabsorvidos, o que faz com que a dor piore muito.
  • Fase 3: Após a reabsorção dos depósitos de cálcio o tendão reorganiza suas fibras e retorna a seu estado natural, normalmente sem sequelas.

Todo o processo pode demorar alguns meses para ser resolvido. Em alguns casos, a doença pode estagnar, deixando o tendão com os depósitos de cálcio sem serem reabsorvidos.

O que eu fazer para melhorar?

Por ser uma doença com um curso natural de cura, o tratamento normalmente se limita ao controle da dor. Pode-se utilizar analgésicos, anti-inflamatórios, aplicação de gelo, infiltrações locais e fisioterapia (exercícios funcionais, ondas de choque, ultrassom, dentre outros).

Quando precisa operar?

A cirurgia esta indicada em alguns casos com dor incapacitante ou em casos em que o depósito de cálcio dentro do tendão não é reabsorvido (o que pode causar impacto no ombro).

Como alternativa à cirurgia, pode-se tentar a aspiração dos depósitos de cálcio com uma agulha guiada por ultrassom (procedimento chamado de Barbotagem). Porém, a retirada destes depósitos por videoartroscopia é mais efetiva.

LEIA TAMBÉM
6 - Capsulite Adesiva8 - Lesão tipo SLAP